BLOG

Acompanhe dicas de saúde, nutrição e bem-estar em nosso Blog.

Importância da doação de sangue no fim de ano

dezembro 26, 2019 0
importancia-da-doaçao-de-sangue-no-fim-de-ano.jpg

Festas de fim de ano e férias são períodos em que os bancos de sangue e hospitais registram baixa no estoque de sangue disponível. E é exatamente essa a época de maior utilização de sangue! Isso acontece por conta dos elevados índices de acidentes e imprudências no trânsito, entre outros fatores.

Como a doação de sangue fica ainda mais importante no fim de ano, nós, da Medquimheo, preparamos um post para esclarecer todas as suas dúvidas sobre esse gesto de solidariedade.

Por que é importante doar sangue?

Doar sangue é um gesto de solidariedade muito importante, já que com apenas uma doação é possível salvar até três vidas! 

É seguro doar sangue? 

Sim, doar sangue é seguro! Todo o processo de coleta de sangue do doador é feito com materiais descartáveis e de uso único, evitando o risco de contaminação. 

Não se preocupe! Doar sangue não prejudica a saúde do doador. Durante o processo, são coletados menos de 10% do volume total de sangue do seu corpo, o que corresponde a, aproximadamente, 450 ml de sangue. 

Quanto tempo dura a doação de sangue? 

Todo o processo de doação de sangue, que envolve cadastramento, aferição de sinais vitais, triagem clínica, coleta de sangue e lanche, leva cerca de 40 minutos. 

O que é feito com o sangue doado?

Com apenas uma doação de sangue é possível salvar três vidas. Isso só se torna possível porque o sangue coletado sofre separações em laboratório. Assim, ele é dividido em: concentrado de hemácias, concentrado de plaquetas e plasma.

Quem pode doar sangue?

Para ser um doador de sangue é preciso ter entre 16 e 69 anos, ter peso acima dos 50 kg, não estar em jejum e não apresentar histórico de doenças sexualmente transmissíveis pelo sangue. 

Ressaltamos que pessoas entre 16 e 18 anos precisam de autorização dos pais ou do responsável legal.

Quem não pode doar sangue? 

Pessoas com infecções, que tenham passado por procedimentos cirúrgicos recentes e que apresentem histórico de anemia são exemplos de pessoas que não podem doar sangue

Além disso, o doador será avaliado com um questionário e, após a entrevista, o profissional triagista avaliará se poderá ou não fazer a doação de sangue 

Que tal aproveitar o final de ano e presentear quem precisa com sua doação de sangue

Gostou do post? Então fique por aqui e aproveite outros dois conteúdos do nosso Blog que preparamos para você:

Quem pode doar sangue? Descubra todos os requisitos!

Doar sangue: um ato seguro que pode salvar muitas vidas!

Fonte: Alessandra Nunes Prezotti, hematologista – CRM: 6782 ES


Deixe um comentário

Campos obrigatórios estão marcados com *