BLOG

Acompanhe dicas de saúde, nutrição e bem-estar em nosso Blog.

Dia Mundial do Doador de Sangue: qual a importância de doar?

junho 14, 2021 0
shutterstock_1929693059.jpg

O sangue seguro deve ser um direito de todos, visto que é um elemento vital e serve de suporte para tratamentos oncológicos, intervenções cirúrgicas e quadros clínicos emergenciais. O ato de doar sangue é simples e pode salvar até 4 vidas, de acordo com dados do Ministério da Saúde. No entanto, o órgão também evidencia as baixas taxas de doação – apenas 16 a cada mil pessoas são doadoras no Brasil. Neste período de pandemia, houve, ainda, uma redução de 20% de voluntários. Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), em nível global, 42% do sangue coletado é de países de alta renda, que abrigam apenas 16% da população mundial.

Nesse sentido, a Assembleia Mundial da Saúde instituiu o Dia Mundial do Doador de Sangue, celebrado em 14 de junho, que tem como principal objetivo aumentar a conscientização da sociedade sobre a necessidade de contribuir, como voluntários, na doação de sangue. O slogan da campanha de 2021 é “Doe sangue para que o mundo continue pulsando” e visa a agradecer aos doadores de todo mundo e sensibilizá-los para a importância da doação como ferramenta para salvar vidas e proporcionar mais saúde às pessoas. 

Para te ajudar a entender mais detalhes sobre o tema e saber os requisitos para se tornar um doador, nós, do Blog da Medquimheo, produzimos este conteúdo especial. Confira!

Veja também: Descubra mitos e verdades sobre a leucemia

🔎 Qual a importância da data para os pacientes oncológicos?

Para os pacientes oncológicos, é comum necessitar de uma transfusão sanguínea, principalmente, aqueles que enfrentam cânceres hematológicos, como por exemplo, a leucemia aguda, já que a doença se origina na medula óssea, órgão em que o sangue é produzido. No entanto, a doação também  é de grande valia para casos de cirurgias oncológicas e procedimentos de quimioterapia. 

💉 Pacientes oncológicos podem doar?

De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), neoplasias malignas, como o câncer, são impeditivos definitivos para a doação sanguínea, visto que a ação deve proporcionar segurança a todos, e o paciente oncológico pode ser prejudicado ao doar, já que se encontra, na maioria dos casos, vulnerável e necessitado da doação. Além disso, o uso de medicamentos para o tratamento contra o câncer pode ser prejudicial ao receptor.

🦠 Doação de sangue em período de pandemia

De acordo com o Ministério da Saúde, estima-se que neste período de pandemia houve queda de 20% no total de doações de sangue, se comparado ao ano anterior. Em contrapartida, tornou-se ainda mais necessário a doação, visto o aumento da demanda por produtos sanguíneos para o tratamento da Covid-19 e outras doenças, como o câncer. Dessa forma, procure o hemocentro mais próximo de você, adote as medidas de segurança e mantenha o hábito de doar e compartilhar a vida com aqueles que precisam. 

🤔 Quem pode doar?

Antes de doar, efetivamente, os voluntários passam por uma triagem para avaliação da saúde. Para isso,  é preciso se encaixar em alguns quesitos, como:

🩺 Estar em boas condições de saúde;

👨‍👧‍👧 Ter entre 16 e 69 anos. Para os idosos, é necessário que a primeira doação tenha sido feita até os 60 anos de idade;

⚖️ Pesar no mínimo 50kg;

🥗 Estar alimentado. É preferível evitar alimentos gordurosos nas 3 horas que antecedem a doação.

É importante citar que neste período de pandemia, outros requisitos foram estabelecidos temporariamente para garantir maior segurança aos doadores e receptores.

🤧 Em casos de sintomas gripais, é preciso aguardar 7 dias após o desaparecimento dos sinais para doar;

🤰🏽 Grávidas e puérperas devem aguardar até 12 meses após o parto para realizar a doação;

🦠 Pessoas infectadas pelo coronavírus devem aguardar 30 dias após a recuperação da doença para fazer a doação;

💉 Vacinados contra a Covid-19 só devem doar entre 48h e 7 dias após cada dose, a depender de qual vacina foi ministrada.

💡 Conheça nosso blog!

Aqui em nosso Blog sempre encontrará materiais relevantes para mais saúde e qualidade de vida. Confira outros conteúdos que podem ser de seu interesse:

Entenda a importância da doação de sangue na pandemia

Junho Vermelho: mês de conscientização e incentivo à doação de sangue

Fonte: Ministério da Saúde.