BLOG

Acompanhe dicas de saúde, nutrição e bem-estar em nosso Blog.

Tomei a vacina da Covid-19, e agora?

maio 18, 2021 0
vacinacao-contra-covid-19.png

De acordo com o Mapa de Vacinação do Brasil, 16,96% da população brasileira já recebeu a primeira dose da vacina contra a Covid-19 e 8,54% receberam a segunda dose. Entretanto, a adoção às medidas de segurança devem continuar, a fim de evitar o contágio do coronavírus. De acordo com o Ministério da Saúde, as vacinas contra a Covid-19 reduzem o risco de desenvolvimento da forma grave da doença e, ainda que vacinadas, essas pessoas podem ser infectadas e transmitir o vírus, mesmo que não apresentem sinais ou desenvolvam sintomas leves.

Neste momento, é precioso ter consciência coletiva para que, mesmo imunizado, adote-se as medidas que visam a proteção de todos. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), são necessários cerca de 60 a 75% da população vacinada para atingirmos a imunidade de rebanho – imunização coletiva mínima para reduzir o número de transmissão do vírus.

Para te mostrar os cuidados que devem ser tomados para evitar a infecção e reinfecção do coronavírus, nós, do Blog da Medquimheo, produzimos este conteúdo especial. Confira!

Veja também: Testes de Covid-19: entenda as diferenças entre os exames!

Quais medidas de proteção devo adotar? 

Desde o início da pandemia, muito se fala dos hábitos de higiene que devem ser adotados para prevenir a contaminação do coronavírus e manter os ambientes mais seguros. Veja quais são:

  • 👩🏼‍💻 Mantenha o distanciamento físico

Estudo publicado na Revista científica The Lancet, que analisou medidas de isolamento como quarentena para indivíduos infectados, fechamento de escolas e trabalho em home office, confirmou que houve redução de 99,3% de infecções no período de duas semanas. Por isso, evite lugares com aglomeração, principalmente, em ambientes fechados. Caso precise sair, mantenha-se a pelo menos um metro de distância das pessoas.

#DicaMedquimheo: isolar-se em casa para se manter em segurança não significa estar sozinho. Faça uso dos aplicativos de videochamada e esteja próximo de seus amigos e familiares, mesmo que virtualmente. Qualquer maneira de demonstrar carinho acolhe. ❤️

  • 🧼 Higienize as mãos

Especialistas apontam que lavar bem as mãos com água corrente e sabão ou higienizar com álcool gel 70% impede, consideravelmente, a disseminação do vírus, visto que, a transmissão ocorre quando a mão contaminada toca a mucosa da boca, do nariz ou dos olhos. Além disso, o vírus da Covid-19 também pode ser transferido de uma superfície para outra, nesse sentido, sempre que tocar em objetos ou lugares, principalmente, públicos, higienize as mãos.

  • 😷 Use máscara

Estudo realizado por pesquisadores da UFRGS, UFPel, UFSCPA e Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre (SMS), intitulado Distanciamento social, uso de máscara e a transmissão de SARS-CoV-2: um estudo de caso-controle com base na população, afirma que o uso de máscara reduz em até 87% os riscos de exposição ao vírus, especialmente, de indivíduos assintomáticos que transmitem a doença. O ideal é usá-la de forma que fique fixa e cubra nariz, boca, bochechas e queixo.

As máscaras variam de cor, tecido e modelo, mas o que deve ser priorizado na hora da escolha é a eficácia da proteção do material usado na fabricação. Atualmente, recomenda-se a utilização de duas máscaras de tecido ou modelos como a N95, que são mais usadas por profissionais da saúde, mas têm o mesmo objetivo: inibir o compartilhamento de partículas de ar.

  • 🤒 Adote as etiquetas respiratórias

A educação deve direcionar as nossas ações, para que a convivência seja harmoniosa. Nesse sentido, a etiqueta respiratória consiste em hábitos que, se adotados, podem evitar a disseminação de gotículas contaminadas vindas de espirros e tosses. As ações incluem:

📌 Cobrir o nariz e boca com o antebraço ao tossir ou espirrar;

📌 Evitar tocar os olhos, nariz e boca com as mãos sem higienizá-las;

📌 Manter uma distância mínima de um metro e meio de pessoas que estejam tossindo ou espirrando;

📌 Optar por manter a distância entre pessoas, mesmo que conhecidas;

📌 Higienizar com frequência objetos pessoais como aparelhos eletrônicos, chaves, sapatos, bonés e bolsas.

  • 📲 Cheque as informações

Com o objetivo de preservar a saúde mental, é de suma importância consumir notícias de fontes confiáveis. Para isso, procure sempre se informar por meio de sites de órgãos oficiais ou veículos de comunicação reconhecidos. O site Todos Pelas Vacinas, por exemplo, disponibiliza materiais de orientação que respondem às principais dúvidas sobre a vacinação no Brasil e, consequentemente, ajudam a combater a desinformação acerca do assunto. 

Conheça nosso blog!

Aqui em nosso Blog sempre encontrará materiais relevantes para mais saúde e qualidade de vida. Confira outros conteúdos que podem ser de seu interesse:

Descubra as principais medidas de prevenção ao coronavírus no trabalho

Máscara de proteção: entenda qual é o tipo ideal para cada ocasião

Fonte: Ministério da Saúde.