BLOG

Acompanhe dicas de saúde, nutrição e bem-estar em nosso Blog.

saúde


dia-farmaceutico

Profissionais que têm tradição milenar, os farmacêuticos comemoram na segunda-feira, 20, o Dia do Farmacêutico. Eles podem atuar em diversas áreas. Entre os segmentos estão: farmácias, hospitais, indústrias, além da manipulação de medicamentos alopáticos e homeopáticos. Diretamente, esses são profissionais que ajudam a salvar vidas em todo o mundo, com o auxílio de suas práticas e conhecimentos.

Katy Figueiredo, farmacêutica da clínica capixaba Medquimheo, atua na área de oncologia. Ela, que trabalha há 8 anos no ramo, conta que sua função vai além de manipular medicamentos. “Sinto-me realizada com o trabalho que exerço, porque tenho consciência da contribuição do farmacêutico no tratamento do paciente oncológico. O cuidado com o paciente é fruto de um trabalho de equipe em que o farmacêutico atua junto ao médico, enfermeiro, psicólogo e nutricionista”, completa.

A profissional explica, ainda, que, antes de chegar ao paciente o medicamento passa por várias etapas. É um trabalho minucioso, que precisa de tempo e, principalmente, amor pelo que faz. “Nesse quesito, o farmacêutico também costuma atuar um pouco na área administrativa. Afinal, é necessário selecionar criteriosamente os fornecedores dos medicamentos utilizados para garantir a qualidade do produto final”, disse.

Interação com pacientes e médicos

Além da avaliação e manipulação do quimioterápico, o farmacêutico oncológico também pode interagir com médicos e enfermeiros sobre o uso dos medicamentos. Com os pacientes, também pode orientar quanto às reações adversas de determinado remédio, bem como os cuidados necessários para o manuseio, condicionamento, horários e forma de ingestão do produto.