BLOG

Acompanhe dicas de saúde, nutrição e bem-estar em nosso Blog.

radioterapia

alteracao-do-paladar-pacientes-oncologicos.jpg

A quimioterapia é uma forma de tratamento sistêmica que utiliza medicamentos capazes de afetar as células que se multiplicam com maior frequência, como é o caso das células cancerígenas. No entanto, partes do corpo como o intestino, boca e garganta apresentam uma camada de revestimento que também se renova constantemente e são susceptíveis aos efeitos da medicação.

Já o tratamento radioterápico apresenta ação local, a radiação emitida danifica o DNA das células o que impede sua reprodução e leva a morte. Embora esteja em constante avanço para reduzir o acometimento dos tecidos em torno do tumor, pode haver dano às células saudáveis durante o tratamento.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), esses procedimentos podem ter ação tóxica sobre o trato gastrointestinal, resultando em efeitos colaterais, como a alteração de paladar (disgeusia), assunto que trataremos a seguir!

Quando o alimento perde ou sofre alteração do sabor?

A nutricionista da Medquimheo, Naira Fraga, explica sobre essa mudança. “A variação ou perda do paladar pode acontecer durante o tratamento oncológico porque as papilas gustativas, estruturas responsáveis pelo reconhecimento dos sabores podem sofrer com a ação dos quimioterápicos ou com a radioterapia na região da boca e garganta”, conta.

A percepção dos sabores se altera e, em alguns casos, é reduzida consideravelmente. “Há pacientes que notam a presença de um gosto amargo ou metálico na boca, outros que sente que a maioria dos alimentos está salgada ou adocicada”, completa.

Dicas da nutricionista!

“Infelizmente ainda não temos como evitar esse efeito colateral, porém, podemos amenizá-lo. Nesses casos é importante tentar lembrar do gosto da comida antes da refeição, preparar pratos coloridos e atrativos, e usar ervas aromáticas para estimular ou outros sentidos. Ingerir algo levemente ácido antes das refeições, como suco de limão ou maracujá, molhos de limão para as saladas ou ralar o limão congelado por cima da comida pode ajudar. Além disso, o gosto metálico pode ser reduzido trocando os talheres de metal pelos de plástico”, aconselha a nutricionista.

“Uma observação importante é que os pacientes que estão fazendo a radioterapia na região da cabeça e pescoço devem evitar esses alimentos mais ácidos durante as sessões, mas podem usá-los após o término”, finaliza.

É preciso testar essas dicas e ver quais ajudam em cada caso, pois cada pessoa se adapta melhor a uma maneira.

Estamos à disposição!

A Medquimheo conta com um corpo clínico completo e pronto para te ajudar no que for preciso! Além disso, atualizamos sempre nosso blog para te manter cada vez mais bem informado, continue acompanhando e aproveite!

Fonte: Naira Fraga – nutricionista – CRN4: 15101252



A sessões de quimioterapia compõem uma das principais armas na luta contra o câncer. As aplicações, que têm a periodicidade adequada ao tipo de tratamento, agem no organismo de maneira curativa, eliminando a doença, ou como controle, prologando a vida do paciente.
Os remédios utilizados no tratamento recebem o nome de agentes quimioterápicos, podendo ser ingeridos ou administrados de forma injetável. Ao contrário da radioterapia, que tem ação restrita à região em que é aplicada, a quimioterapia atua de forma sistêmica, alcançando as células do câncer em qualquer região do corpo.
Alguns cuidados são importantes no dia da aplicação da quimioterapia. Preparamos algumas dicas para orientar os nossos pacientes para esta etapa tão especial do tratamento. Confira!

Organize-se para a quimioterapia

Vá para as sessões de quimioterapia com bastante tempo livre, evitando marcar compromissos no mesmo dia. Os medicamentos são preparados somente após a chegada do paciente à clínica e a liberação do médico que o acompanha, sendo um processo que leva tempo.
Programe-se para chegar 15 minutos antes, e, em casos de não comparecimento e/atrasos, informe à clínica.

Acompanhante

Alguns medicamentos podem causar sonolência. Vá com alguém que te ofereça conforto e segurança.

Exames

Caso tenha realizado exames em outros lugares, leve-os no dia da aplicação para que seu médico os avalie. Sempre que for às sessões, leve consigo as medicações de uso oral que deverá tomar durante sua permanência no tratamento.

Alimentação no dia das sessões de quimioterapia

No dia da aplicação, não faça jejum. O ideal são refeições pequenas e leves, evitando alimentos muito condimentados e gordurosos. Nossa nutricionista estará sempre a sua disposição.

Sinta-se confortável

Use roupas confortáveis, Dependendo de seu tratamento , você poderá precisar permanecer muito tempo na sala de medicação. Lembre-se também que o ambiente, geralmente, é climatizado e oscilações de temperatura podem ocorrer. Por isso, leve um agasalho.

Periodicidade da quimioterapia

Todo tratamento segue protocolos que determinam a repetição dos medicamentos de acordo com prazos pré-estabelecidos. É importante respeitar esses agendamentos para buscar os melhores resultados.