BLOG

Acompanhe dicas de saúde, nutrição e bem-estar em nosso Blog.

quem pode doar sangue?

doacao-sangue-fim-de-ano.jpg

dezembro 9, 2020 Hematologia1

Doar sangue é um gesto nobre de empatia e amor ao próximo. No entanto, nos períodos de fim de ano, devido às comemorações e férias, os bancos de sangue e hospitais registram baixa no estoque de sangue disponível. Além disso, por causa do cenário de pandemia, muitos doadores temem pela segurança e evitam realizar a doação.

Como a doação de sangue fica ainda mais importante no final do ano, nós, do Blog da Medquimheo, preparamos conteúdo especial com tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Ao longo deste post você vai esclarecer todas as suas dúvidas sobre doar sangue. Vamos lá?

Por que é importante doar sangue?

Ao doar sangue, você dá esperança de vida e saúde a quem mais precisa. Com esse simples gesto, é possível salvar até 4 vidas. Segundo o Ministério da Saúde, apenas 1,6% da população brasileira doa sangue, sendo que 34% das doações são para ajudar amigos e familiares. Doar é um gesto nobre, que se torna ainda mais precioso para vidas que nem conhecemos. Evite esperar um nome ou rosto conhecido para ser incentivado a praticar esse gesto, porque enquanto você está lendo isso, uma pessoa pode precisar de você!

Quem pode doar sangue?

Para doar sangue você deve levar um documento oficial de identidade com foto, estar com bom estado de saúde e ter entre 16 e 69 anos. Há duas restrições: os menores de 18 anos precisam da autorização dos responsáveis legais e a primeira doação deve ser feita, obrigatoriamente, até os 60 anos.

O interessado também precisa preencher um cadastro com informações básicas e responder a um questionário. Em seguida, passará por uma triagem para examinar sinais vitais como pressão arterial, pulso e temperatura. O espaço de tempo entre as doações para aqueles que já são doadores de sangue é de dois meses para os homens e três meses para as mulheres.

É seguro doar sangue na pandemia?

A resposta para essa dúvida é sim! Os locais de doação de sangue em todo o país têm adotado todas as medidas de prevenção ao coronavírus para garantir a segurança dos doadores. Ainda assim, dados alarmantes do Ministério da Saúde apontam que os hemocentros registraram uma queda de 30% em volume de doações este ano.

Esses números podem aumentar ainda mais no final do ano. Por isso, reforçamos: se você puder, doe sangue, salve vidas!

Conheça nosso blog

Nosso blog é cheio de posts para te manter sempre bem informado. Aproveite mais conteúdos:

Entenda a importância da doação de sangue na pandemia

 

Fonte: Dra. Alessandra Prezotti, hematologista da Medquimheo, CRM: 6782 ES.


doacao-de-sangue.jpg

Dados do Ministério da Saúde mostram que, atualmente, 1,6% da população brasileira é doador de sangue. Jovens com idade entre 18 e 29 anos são maioria – 42% do total de doações registradas no país. O Brasil está dentro dos parâmetros exigidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que impõe que pelo menos 1% da população deve ser doadora. Contudo, a meta é sempre aumentar esses números e, por isso, a Medquimheo explica quem pode e como funciona o procedimento de doação de sangue!

Como doar sangue?

Para doar sangue, basta procurar as unidades de coleta, os Hemocentros. Ao chegar lá, será realizada uma checagem, pois existem alguns requisitos necessários para a doação de sangue.

Quem pode doar sangue?

É necessário ter entre 16 e 69 anos, entretanto, os menores de 18 anos precisam da autorização dos responsáveis legais e a primeira doação deve ser feita obrigatoriamente até os 60 anos. Além disso, é preciso pesar, no mínimo, 50 quilos e estar em bom estado de saúde. O interessado deve estar descansado, não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 últimas horas e não estar de jejum.

A hematologista da Medquimheo, Alessandra Prezoti, passa algumas recomendações para o dia da doação. “No dia da doação de sangue, o candidato deve apresentar um documento original com foto, preencher um cadastro com informações básicas e responder a um questionário. Em seguida, ele passará por uma triagem para examinar sinais vitais como pressão, pulso e temperatura”, conta.

A entrega da Carteira do Doador é entregue após 20 dias da doação.

Como funciona o procedimento?

A doação de sangue é um ato simples e rápido, mas de extrema importância. “O procedimento é totalmente seguro e não há riscos para o doador, porque nenhum material é reutilizado. A coleta leva em torno de 10 minutos. Depois de coletado, o sangue passa por alguns testes para detectar impurezas que podem prejudicar o receptor e, só depois de voltarem com resultados, é que a bolsa é utilizada”, completa Alessandra.

Qual a frequência da doação de sangue?

A frequência máxima é de quatro doações anuais para o homem e de três doações anuais para a mulher. O intervalo mínimo deve ser de dois meses para eles e de três para elas.

Doe sangue e salve vidas! Para continuar sempre bem informado, não deixe de continuar acompanhando os posts do blog.

Fonte: Alessandra Nunes Prezotti, hematologista – CRM: 6782 ES