BLOG

Acompanhe dicas de saúde, nutrição e bem-estar em nosso Blog.

prevenção do câncer de mama

cancer-de-mama-em-homens.jpg

outubro 29, 2020 Câncer de mama0

Os homens precisam se atentar ao fato de o câncer de mama não ser restrito às mulheres! Apenas 1% é o total de homens acometidos pela doença no Brasil em relação às mulheres. A incidência masculina é tão rara e pouco frequente que, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), não entra nas estimativas. Porém, apesar de rara, a doença pode ser fatal se não for diagnosticada precocemente. Para que você possa entender mais sobre o assunto, nós, do blog da Medquimheo, preparamos um conteúdo especial. Continue lendo para conferir!

Quais são os sinais do câncer de mama em homens?

De acordo com o Instituto Oncoguia, alterações como protuberância ou inchaço, geralmente (mas nem sempre) indolor, pele ondulada ou enrugada, retração do mamilo e vermelhidão ou descamação da pele da mama ou do mamilo e inchaço nos linfonodos axilares são alguns dos principais sinais do câncer de mama em homens.

Diferenças entre o câncer de mama em homens e mulheres

Existem muitas semelhanças entre o câncer de mama em homens e mulheres, mas também algumas diferenças importantes que impedem o diagnóstico precoce da doença. A principal delas é em relação ao tamanho  da mama masculina e da feminina. Os tumores na mama dos homens tendem a ser um pouco menores do que nas mulheres e, na maioria das vezes, quando diagnosticados, já se disseminaram para tecidos adjacentes. 

Além disso, outra importante e alarmante diferença é que alguns homens têm vergonha quando encontram um nódulo na mama e temem que alguém possa, inclusive, questionar a masculinidade. Isto também pode retardar o diagnóstico e reduzir as chances de sucesso no tratamento do câncer de mama.

Quais são as formas de prevenção do câncer de mama masculino?

Os homens podem adotar algumas ações para reduzir o risco de desenvolvimento do câncer de mama, como manter um peso corporal saudável e a evitar consumo excessivo de álcool. 

“As melhores estratégias para reduzir o número de mortes causadas pelo câncer de mama são a detecção precoce e o tratamento imediato. O diagnóstico precoce é um problema para os homens, que tendem a ignorar os nódulos mamários e a consultarem um médico, mesmo quando esses nódulos já aumentaram de tamanho. Em geral, os homens são diagnosticados com câncer de mama em estágios mais avançados do que as mulheres. É por isso que reitero a importância de conscientizar e se atentar aos sinais da doença e a cuidar da saúde”.

-Dr. Cleverson Gomes do Carmo Junior, mastologista da Medquimheo

Conheça o blog da Medquimheo!

O nosso blog é repleto de posts para te manter sempre bem informado. Aproveite mais conteúdos:

Pacientes onco-hematológicos e o tratamento durante o isolamento

Falta de vitaminas durante o câncer: entenda qual é a relação

Menopausa e câncer: entenda a relação 

Fonte: Dr. Cleverson Gomes do Carmo Junior, mastologista da Medquimheo, CRM ES 8267.


menopausa-e-cancer.jpg

fevereiro 18, 2020 CâncerCâncer de mama0

Você sabia que a menopausa pode influenciar o desenvolvimento de câncer de mama? No post de hoje, vamos te explicar como é estabelecida essa relação e dar dicas exclusivas de prevenção. Continue lendo e confira!

O que é menopausa?

Segundo o Ministério da Saúde, a menopausa corresponde ao último ciclo menstrual feminino. Ondas de calor, alterações de humor e insônia estão entre os sintomas mais comuns. A idade média das mulheres que atingem a menopausa é 51 anos, mas a faixa etária pode variar entre 45 e 55 anos.

Qual a relação entre menopausa e câncer de mama?

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), mulheres que têm menopausa após os 55 anos de idade possuem mais chances de desenvolver câncer de mama. A cada ano que ela demora a aparecer, o risco da doença aumenta em 6%.

Um estudo realizado em 2015 pelas Universidades de Cambridge e Exeter, da Inglaterra, indicou que as mulheres que têm menopausa antes dos 40 anos são menos propensas a desenvolver câncer de mama. Consultamos a oncologista da Medquimheo, Dra. Carolina Conopca, para explicar porque isso acontece:

“Mulheres que têm menopausa antes dos 40 anos estiveram menos expostas ao estrogênio, o que diminui as chances do câncer de mama. Isso acontece porque, quanto maior for a exposição estrogênica ao longo da vida, maiores são as chances de desenvolvimento da doença”

Por que é importante fazer mamografia?

A mamografia é o exame utilizado para detectar tumores na mama. Dessa forma, ele se torna uma das principais ferramentas de controle e prevenção do câncer de mama.

Muitas mulheres evitam realizá-la por medo ou vergonha, mas ele é de extrema importância para a saúde feminina e deve ser feito a partir dos 40 anos de idade, combinado?

Como prevenir o câncer de mama?

Com base em recomendações do Instituto Oncoguia, listamos três dicas simples para prevenção do câncer de mama.

Dica 1: evite o consumo de bebidas alcoólicas;

Dica 2: consulte seu nutricionista e inicie uma dieta balanceada, evitando consumo de alimentos gordurosos;

Dica 3: pratique exercícios físicos regularmente.

Gostou do post? Então fique por aqui e confira mais conteúdos exclusivos do nosso blog!

Câncer de mama no verão: saiba os principais cuidados

Câncer de mama: 4 sinais que o corpo pode indicar

Fonte: Dra. Carolina Conopca, oncologista Medquimheo, CRM: ES 11.130