BLOG

Acompanhe dicas de saúde, nutrição e bem-estar em nosso Blog.

metástase

mitos-e-verdades-sobre-o-cancer.jpg

Somos bombardeados o tempo todo com uma série de especulações e achismos acerca do câncer. Quer entender o que de fato é verdade e mito sobre o câncer? Então você está no lugar certo! Nós, da Medquimheo, preparamos esse post para esclarecer de vez suas dúvidas acerca de afirmações que ouvimos sobre a doença. 

Médicos da Fundação do Câncer listaram três afirmações falsas e três verdadeiras sobre o câncer. Vamos conferir quais são elas?

1. Pintas e sinais podem virar câncer de pele?

Essa afirmação é verdade sobre o câncer. A “Regra ABCDE” da Sociedade Brasileira de Dermatologia alerta que se uma pinta ou mancha da sua pele apresenta assimetria, bordas irregulares, cor apresentando dois ou mais tons, dimensão maior que 6 mm e evolução de crescimento, é preciso procurar um dermatologista para que ele possa fazer o diagnóstico completo e seguro.

2. Uso de desodorante pode provocar câncer de mama?

Fiquem tranquilos pois isso é um mito! O uso de desodorante não causa câncer de mama. Médicos explicam o que normalmente acontece: entupimentos nas glândulas das axilas, em decorrência do uso desses produtos, que acabam formando nódulos que podem inflamar e ficar doloridos. Se isso acontecer, o ideal é procurar um especialista. Combinado?

3. Um câncer pode voltar em outro lugar?

Sim! Um câncer pode voltar em outro lugar, já que uma das principais características dessa doença é a capacidade de o tumor inicial migrar para outra parte do organismo da pessoa. Essa habilidade é chamada de metástase das células cancerígenas. Nunca deixe de conversar com seu médico sobre dúvidas e apreensões.

4. Ingerir comida levada ao micro-ondas pode gerar câncer?

O micro-ondas é um aparelho seguro para aquecer e cozinhar alimentos. O funcionamento do eletrodoméstico é através de vibração em alta frequência de moléculas – principalmente as de água. Mas atenção! Médicos recomendam evitar queimaduras decorrentes do superaquecimento de alimentos.

5. Exercícios e atividades físicas previnem câncer?

Sim! Praticar exercícios físicos ajuda a prevenir não só o câncer, mas também outras doenças crônicas como diabetes e hipertensão. Aproveite e, além de criar uma rotina para se exercitar, repagine seu cardápio. Isso mesmo! Médicos ressaltam que atividade física aliada com uma alimentação saudável são de extrema importância.

6. Uso de cigarro causa câncer apenas no pulmão?

O uso de cigarro pode provocar câncer em várias partes do corpo. O fumo pode causar tumores malignos por onde suas substâncias passam. Você sabia que o cigarro possui cerca de 70 substâncias cancerígenas? Então já dá para imaginar que o fumo não causa câncer só no pulmão, mas também pode provocar tumores malignos na boca, laringe, esôfago e até a bexiga fica em risco.  

Gostou? Então venha descobrir os 5 mitos e verdades sobre o que causa câncer

Fonte: Dra. Carolina Caetano Conopca, oncologista clínica, CRM ES 11.130


cancer-metastase-medico.jpg

É comum durante o tratamento oncológico ouvir alguns termos médicos que você não está familiarizado. Um deles é metástase, comumente usado com pesar para se referir ao estado de um paciente. Isso acontece porque o termo refere-se ao espalhamento do câncer para outras partes do corpo, além do local inicial. Continue lendo!

Apesar de causar espanto em algumas pessoas, não se desespere! A metástase não significa que o novo órgão afetado desenvolveu câncer. A oncologista aqui da Medquimheo Layla Torres Gaze explica: “a metástase ocorre quando as células cancerosas viajam por meio da corrente sanguínea ou vasos linfáticos para outras partes do corpo. Assim, elas continuam a ser do local primário, devendo ser tratadas da mesma forma.”

Segundo a médica, as metástases podem surgir em qualquer local do corpo. “As áreas afetadas com mais frequência são os pulmões, o fígado e os ossos, podendo variar de acordo com o câncer original”, salienta.

Como identificar o câncer da metástase

cancer

É comum que a identificação da metástase aconteça durante os exames realizados no diagnóstico do câncer primário. Entretanto, como as células cancerígenas vão se acumulando no novo local até formar um tumor semelhante ao original, é possível que a metástase só seja detectada após o diagnóstico inicial por meio das consultas, do exame físico e dos exames laboratoriais e de imagem.

Por isso, Dra. Layla ressalta a importância de manter um acompanhamento clínico após o diagnóstico e tratamento de um câncer localizado.

Tratamento do câncer metastático

O tratamento de um tumor a partir da metástase ocorre de diferentes formas. Uma delas é a terapia sistêmica, que é feita no paciente por meio da quimioterapia ou da hormonioterapia.

Outra excelente alternativa é o tratamento local, com cirurgia e radioterapia, ou mesmo uma combinação dos outros citados. A recomendação irá variar de acordo com cada caso. É fundamental consultar com o seu oncologista responsável a melhor escolha para você!

Continue acompanhando os posts aqui no blog da Medquimheo e saiba tudo sobre o tratamento de câncer!