BLOG

Acompanhe dicas de saúde, nutrição e bem-estar em nosso Blog.

Apneia do sono

nutricao_e_sono.jpg

É comum ver pessoas reclamando de insônia ou de cansaço excessivo mesmo após uma noite de sono. Você sabia que a alimentação pode estar causando esses problemas? Se esse é o seu caso, continue lendo e entenda mais sobre como a alimentação pode impactar a qualidade do seu sono.

Alimentação x Sono

Uma boa alimentação pode ser aliada no tratamento de distúrbios do sono. Existem nutrientes específicos que ajudam a melhorar o descanso, como a vitamina D, o potássio e o magnésio, que facilitam o relaxamento muscular. O cálcio também é essencial para a produção da melatonina, hormônio fundamental para o bom funcionamento do mecanismo do sono.

Segundo a nutricionista da Medquimheo, Janine Rover de Mello, o ideal é diminuir a quantidade de alimentos e líquidos antes de dormir, além de evitar o consumo de bebidas que contenham cafeína, como café, chás mate e preto no período de quatro a seis horas antes do sono.

“Dietas ricas em açúcares, carboidratos simples e gorduras saturadas podem trazer dificuldade para o paciente dormir e pode levar também a um sono de péssima qualidade. Em casos de pacientes em tratamento oncológico, a orientação é a mesma: buscar uma alimentação mais saudável, incluindo vitaminas e minerais.”, explicou.

Chá pode ajudar?

No mercado existem vários chás que prometem uma melhora na qualidade do sono. No entanto, a nutricionista Janine Rover de Mello reforçou que é importante que pacientes não tomem chás sem o conhecimento do seu médico/nutricionista, devido a interação medicamentosa que poderá ocorrer. “Apesar disso, chás tradicionais, como camomila, erva doce, cidreira e hortelã podem ser consumidos, desde que em pequena quantidade”, completou.

Tratamento da apneia do sono

Os hábitos cotidianos relacionados à alimentação influenciam muito a qualidade do sono, principalmente para quem tem algum distúrbio como a apneia. Existem alimentos específicos que possuem uma substância chamada triptofano, capaz de restabelecer o equilíbrio do corpo durante a noite. Se você anda perdendo noites de descanso, clique aqui e saiba quais alimentos podem te ajudar a melhorar a qualidade do sono.

Fonte: Janine Rover de Mello – Nutricionista – CRN: 11101078


shutterstock_410426641.jpg

A apneia do sono pode gerar muitas complicações na vida de uma pessoa. Se essa passa por tratamento de câncer é preciso ainda mais cuidados para que a obstrução das vias aéreas nasais não prejudique.

Pacientes oncológicos precisam ter um cuidado especial com a saúde do sono também. Uma boa noite de descanso pode garantir mais energia para o dia a dia e prevenir irritabilidade, depressão e indisposição. Confira neste material mais informações e como tratar esse distúrbio do sono.

O que é apneia do sono?

A apneia do sono ocorre quando os músculos da garganta relaxam durante o sono obstruindo a passagem do ar, impedindo a respiração. Isso envia uma mensagem de perigo ao cérebro, que desperta por alguns segundos, retomando a respiração.

Esse tipo de distúrbio é comum em pacientes em tratamento de câncer, como afirma Dra. Carolina Conopca, oncologista da Medquimheo: “A apneia do sono está principalmente relacionada à obesidade, sexo masculino e envelhecimento. Esses mesmos fatores de risco também são comuns ao desenvolvimento de alguns cânceres”.

Para entender mais sobre os riscos dessa patologia, a Dra. Carolina explica “os pacientes desenvolvem sintomas como hipersonolência diurna, falta de atenção, depressão e sensação de perda da capacidade de organização, tudo isso atrapalha o bem-estar físico e psicológico”.

Como tratar esse distúrbio do sono?

Para fazer o tratamento correto da apneia do sono, Dra. Carolina recomenda atenção especial à dieta e ao consumo de bebidas alcoólicas, além de procurar um médico especialista em medicina do sono, que poderá indicar o exame de Polissonografia.

CPAP para apneia do sono

Este exame, caso positivo para apneia do sono, pode indicar o uso do CPAP, “aparelho que administra uma pressão positiva de ar, que destina-se a manter as vias aéreas superiores desobstruídas durante o sono e, consequentemente, a evitar o colapso faríngeo” esclarece a Doutora.

Para descobrir outras causas e a identificação da apneia do sono, clique aqui e saiba mais sobre este tema.

Fique de olho em nosso Blog! Sempre temos uma novidade sobre saúde e bem-estar para você!

Fonte: Dra. Carolina Conopca CRM: ES 11.130