BLOG

Acompanhe dicas de saúde, nutrição e bem-estar em nosso Blog.

Quem tem câncer não pode tomar a vacina da febre amarela

fevereiro 13, 2017 0
vacina-febre-amarela-2.jpg

Com o recente surto de febre amarela em Minas Gerais, afetando diretamente o Espírito Santo, o estado geral é de alerta. Formando filas enormes em postos de saúde, há um grande número de pessoas procurando pela vacina contra a infecção. No entanto, ela é contraindicada em vários casos, inclusive para quem tem câncer, estando ou não em tratamento.

Nesse post viemos te explicar o porquê disso! A febre amarela é transmitida pela picada do mosquito Aedes aegypti e afeta diretamente a imunidade. Segundo a oncologista aqui da Medquimheo Layla Nunes, é sempre importante procurar um médico. “Quando o paciente está em quimioterapia, por exemplo, ele deve esperar de três a seis meses após a última sessão para receber a vacina. O sistema imunológico fica muito abalado antes desse período, sendo incapaz de responder à vacina do vírus vivo”, explica.

A pessoa sem imunidade causada pelo câncer pode ficar doente se entrar em contato com as bactérias ou vírus atenuados pela vacina da febre amarela. Por conta disso, deve-se tomar todo o cuidado para evitar as picadas do mosquito transmissor, usar repelentes, instalar telas em janelas e portas e manter distância de qualquer área de risco. Previna-se!

Quem tem prioridade para a vacina?

As vacinas são prioritárias para situações de emergência, como quem está localizado nas áreas de risco, bem como as pessoas que vão viajar para esses lugares. Além dos pacientes em tratamento contra o câncer, não podem se vacinar: grávidas e alérgicos a gelatina e ovo, pessoas com doenças como lúpus e HIV. Para quem tem mais de 60 anos, é necessária orientação médica para se vacinar.

vacina-febre-amarela

Sobre a febre amarela

Uma doença infecciosa, a febre amarela tem como sintomas iniciais calafrios, dor de cabeça intensa, dores nas costas e no corpo em geral, febre, náuseas, vômitos, fadiga e fraqueza. As vacinas podem ser encontradas nas unidades de saúde, procure a mais próxima de você caso esteja em algum dos grupos de risco.

Em caso de dúvida sobre poder ou não se vacinar, busque orientação médica!


Deixe um comentário

Campos obrigatórios estão marcados com *