BLOG

Acompanhe dicas de saúde, nutrição e bem-estar em nosso Blog.

Mês de Prevenção do Câncer de Testículo

abril 18, 2016 0
cancer-de-testículo.jpg

O mês de abril traz um alerta muito importante para homens de todas as idades, incluindo crianças e adolescentes. É o mês dedicado à prevenção do câncer de testículo, doença que atinge os homens, geralmente entre 15 e 50 anos de idade, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA). O câncer de testículo é um dos tipos de câncer mais curáveis, mas a prevenção é sempre o melhor caminho.

Entenda a doença

Apesar de ser um tumor menos frequente, o câncer de testículo apresenta o agravante de ser mais frequente em homens jovens, que estão em idade produtiva. Comparado a outros tipos de câncer que acometem os homens, como o câncer de próstata, por exemplo, o câncer de testículo é mais simples de tratar e facilmente curado quando diagnosticado precocemente.

Um dos maiores fatores de risco é a criptorquidia, quando o testículo não desce de forma natural para a bolsa escrotal. Exames pediátricos podem ser realizados durante a infância masculina para analisar se os testículos desceram corretamente e existe cirurgia para corrigir o problema. Outros fatores que podem estar relacionados ao câncer de testículo são histórico familiar, infecção por HIV e lesões na bolsa escrotal.

Sintomas e tratamento

O sintoma mais comum do câncer de testículo é o aparecimento de pequenos nódulos duros, geralmente indolores. Alterações no tamanho dos testículos, sensação de peso ou dor no escroto ou no abdômen, sangue expelido na urina e sensibilidade nos mamilos também podem indicar a existência do tumor.

O tratamento pode ser feito através de quimioterapia, radioterapia ou até mesmo cirurgia para a remoção do testículo afetado, com ou sem a colocação de uma prótese no local. A retirada de um testículo não afeta a fertilidade do paciente se o outro testículo estiver normal.

Prevenção

Para prevenir o câncer de testículo, o principal aliado é o autoexame que pode ser feito, pelo menos, uma vez ao mês para verificar possíveis alterações na região. Se alguma alteração for detectada durante o autoexame, procure um médico especialista. A ultrassonografia e o testes laboratoriais de sangue são exames utilizados para o diagnóstico.

A prevenção é a melhor forma de detectar precocemente o nódulo e aumentar as chances de cura. Faça desse hábito um aliado importantíssimo para a sua saúde! Conte sempre com os profissionais qualificados da Medquimheo para diagnosticar e tratar o câncer.


Deixe um comentário

Campos obrigatórios estão marcados com *