BLOG

Acompanhe dicas de saúde, nutrição e bem-estar em nosso Blog.

Mês das mães: como contar a uma criança que ela tem câncer

maio 22, 2017 0
crianca-com-cancer.jpg

Descobrir um câncer não é uma tarefa fácil para ninguém. Especialmente quando se trata das crianças, é necessária muita cautela ao contar para elas sobre a doença, através de uma mensagem simples e clara. Muitos pais não sabem como fazer isso, então neste post falaremos sobre o assunto. Continue lendo!

A importância das palavras é o principal fator nesse momento. Segundo a oncologista pediátrica aqui da Medquimheo, Milena Gottardi, é fundamental saber o que dizer para os filhos. “Os pais não podem ter medo de explicar o que está acontecendo. A melhor forma é esclarecer pouco a pouco sobre o câncer, ou quando acontece alguma mudança no tumor. Isso ajuda a consolidar a compreensão delas, sem sobrecarregá-las”, recomenda.

O conselho inicial, principalmente, é ter honestidade e usar uma linguagem simples. A maioria das crianças tem medo da dor, por conta disso, é válido deixar claro que ela vai fazer o melhor tratamento possível. Explique que tais procedimentos vão ajudar a melhorar a saúde delas.

A culpa não é da criança

Outro ponto importante é detalhar para os seus filhos, logo no início, que a doença não foi causada por eles, “À medida que o tempo passa, as crianças começam a entender que o câncer não é culpa delas”, comenta nossa médica.

Durante o processo de tratamento, a comunicação deve respeitar os limites da criança e a fase de desenvolvimento em que ela está. É o que explica nossa psicóloga, Gabriela Medeiros Simmer. “Devemos estar atentos às necessidades e criar um ambiente de acolhimento, cuidado e propício à expressão de emoções. Quando a criança tem conhecimento do que está acontecendo e do que é esperado, terá mais liberdade para se comunicar e maior sensação de segurança, sentindo-se validada em seu sofrimento”, analisa.

Câncer não é contagioso!

crianca-com-cancer

Pelo fato da doença ser desconhecida pelas crianças, é comum elas acharem que é algo contagioso como um resfriado ou gripe. Converse com seu filhos e explique que eles podem continuar perto dos amiguinhos e abraçá-los, inclusive!

Sobre o câncer infantil

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), no ano passado foram estimados mais de 12 mil novos casos de câncer infantil. Os tumores mais frequentes na infância e na adolescência são as leucemias, os do sistema nervoso central e os linfomas, que afetam o sistema linfático.

Conte com a nossa equipe de oncologistas pediátricos e psicólogos aqui na Medquimheo. Em nossa clínica você encontra o melhor tratamento contra o câncer em Vitória!


Deixe um comentário

Campos obrigatórios estão marcados com *