Pólipo

fevereiro 5, 2018

O pólipo consiste em uma leve hipertrofia que se assemelha a uma verruga. Apesar de benigna, a lesão requer atenção, uma vez que pode evoluir para um tumor maligno se não tratada de forma adequada.

Dentre os órgãos com maior incidência da lesão estão o intestino, o estômago e a bexiga. O pólipo existe em diferentes classificações que podem variar de acordo com o órgão atingido.

A multiplicação desordenada de células é a causa do surgimento do pólipo. Por isso, é importante que sejam realizados exames preventivos com frequência para monitorar o desenvolvimento do tecido. A atenção deve ser ainda maior quando se trata de um indivíduo com histórico de câncer na família.

Caso o pólipo seja identificado, é recomendado que seja retirado e avaliado por uma equipe de especialistas. Dessa forma, é possível verificar se existe uma possível ameaça para o organismo, o que determinará se é necessário iniciar procedimentos quimioterápicos.