BLOG

Acompanhe dicas de saúde, nutrição e bem-estar em nosso Blog.

Dia Mundial do Diabetes: especialistas reforçam cuidados com a doença

novembro 12, 2014 0
diabetes.jpg


Dados da Sociedade Brasileira de Diabetes indicam que a cada 5 segundos surgem novos casos da doença. Em 14 de novembro, Dia Mundial do Diabetes, médicos e outros profissionais da saúde reforçam a importância de sua prevenção e controle. Pessoas com histórico familiar devem ficar ainda mais atentas, buscando manter o peso normal, controlar a pressão arterial, evitar o consumo de tabaco e álcool e praticar atividades físicas regulares, que ajudam a evitar o transtorno.

A enfermidade é caracterizada por causar o aumento da quantidade de açúcar (glicose) no sangue, por falta total ou parcial de insulina, elemento indispensável para o organismo. Sua ausência faz com que a glicose fique acumulada e seja eliminada pela urina. Cansaço, perda de peso, visão turva, mudanças de humor repentinas, nervosismo, dificuldade de cicatrização em feridas e necessidade frequente de urinar são alguns dos sintomas.

Câncer e diabetes

Janine Rover de Melo, nutricionista da Medquimheo, alerta que pacientes diabéticos, que estão em tratamento contra o câncer, precisam ficar alertas ao que comem. Entre os desafios diários está o de ter uma alimentação saudável, sem aumentar a glicose.

“A redução de alimentos com alto teor de gordura saturada e o aumento da ingestão diária de frutas e vegetais é fundamental. Castanhas, amêndoas e nozes são sementes oleaginosas que possuem alto teor de fibras e magnésio. Esses são os tipos de alimentos que vale apostar. Aveia e batata yacon, que são ricas em fibras solúveis, diminuem a glicose e a insulina no sangue de forma bastante eficaz”, sugere.

Dificuldade para combater infecções

Os diabéticos costumam sofrer com problemas como baixa imunidade e, em alguns casos, os rins não atuam da maneira correta. Pacientes que já têm diabetes e são diagnosticados com câncer costumam ter uma dificuldade maior de se defenderem de possíveis infecções, tornando o tratamento um pouco mais complicado. Seguir à risca as recomendações dos médicos é o melhor caminho para o sucesso no tratamento.


Deixe um comentário

Campos obrigatórios estão marcados com *