BLOG

Acompanhe dicas de saúde, nutrição e bem-estar em nosso Blog.

Medquimheo em ação

aniversariantes.png

janeiro 5, 2016 Medquimheo em ação0
Quem faz aniversário em Janeiro já começa o ano com o pé direito! Parabéns aos nossos aniversariantes, que a vida de vocês seja alegre e colorida como o Verão!
04/01 – Morgana (Oncologista)
16/01 – Wagner (Cirurgião Cabeça e Pescoço)
29/01 – Raiane (Recepcionista)

aniversariantes de janeiro


aniversariantes.png

Dezembro é um mês de muitas festas e por aqui não será diferente! Desejamos aos nossos aniversariantes uma vida inteira de coisas boas e positivas! Parabéns!

09/12 – Wesley (Hematologista)
17/12 – Munick (Recepcionista)
17/12 – Barbarah (Recepcionista)
21/12 – Cleria (Recepcionista)
29/12 – Carolliny (Recepcionista)
31/12 – Carlos Celso (Hematologista)

aniverário



outubro 9, 2015 Medquimheo em ação0

Oficina do Lenço, massagens com massoterapeuta e distribuição de brindes. Essas são algumas das atividades que estão sendo realizadas pela Medquimheo com o objetivo de apoiar o Outubro Rosa e proporcionar às pacientes das unidades momentos relaxantes e interativos.

Mayana Esteves, coordenadora da recepção da Medquimheo, salienta que a prática das atividades oferece às pacientes dias diferentes da rotina de tratamento, motivando-as nesse período. “Nossa intenção é que os pacientes abracem a campanha e saibam que podem sempre contar com a nossa equipe”, salienta.

Além das atividades para as mulheres em tratamento contra o câncer de mama, brindes serão distribuídos para todos os pacientes estimulando o envolvimento na campanha. O clima de conscientização também tomou conta de toda a recepção, com as secretárias (os) vestidos com camisas em apoio ao Outubro Rosa.

Horário das atividades: 

  • Oficina do lenço: todas às quinta-feiras, a partir das 13h30, na Unidade de Vitória;
  • Massagens- terça, quarta e quinta-feita, das 08h às 12h, na Unidade de Vitória.

 

 


Mulheres-Reveladas-1.png

março 9, 2015 Medquimheo em ação0


Toda força e a garra feminina será muito bem representada neste 6 de março, na clínica capixaba Medquimheo, em Vitória. A data marca o lançamento da segunda edição da Exposição Mulheres Reveladas, em especial ao Mês da Mulher. Sob as lentes da fotógrafa Helena Nogueira, 10 pacientes demonstram como a autoestima pode contribuir positivamente para o tratamento do câncer. Participantes de 15 a 70 anos, que venceram ou estão enfrentando o problema, posaram para a câmera.

A equipe multidisciplinar da clínica, formada por médicos, enfermeiros, psicólogos, nutricionistas e recepcionistas está à frente da iniciativa, que também será uma homenagem a todas as mulheres capixabas que enfrentam a doença.
Quebrar o preconceito por parte da sociedade em relação aos pacientes com câncer. Esse é um dos objetivos do evento.

Helena Nogueira, fotógrafa da iniciativa, conta que nesta segunda vez em que participa da ação se emocionou tanto quanto na primeira. “Desta vez, fizemos as fotos na praia. Sob as faixas de areia, as ‘meninas’ vibraram e puderam refletir o quanto são bonitas. É mais do que gratificante participar de um projeto que motiva e arranca sorrisos de quem está passando por um momento de dificuldade”, conta Helena.

Câncer tem cura

Há alguns anos o câncer era sinônimo de morte. Para levantar a bandeira de que a doença tem cura e que a mulher pode se sentir amada e feliz, mesmo durante essa fase, a exposição demonstrará, principalmente, os olhares e sorrisos das pacientes.

Equipe unida para o projeto

Os funcionários da clínica estão todos envolvidos com a causa, principalmente o time formado por mulheres, que está a todo o vapor para por o projeto em prática. A exposição será toda ornamentada pela equipe que se uniu para fazer a diferença na data. Janine Rover de Mello, que é nutricionista, esteve envolvida em todas as etapas da ação e explica que o mais prazeroso em participar será conferir a interação e alegria das participantes.

“Participar desse evento é sempre muito gratificante para nós quanto equipe e também para as pacientes. Existe sempre a troca de experiências, dicas, troca de receitas. São mulheres lindas em todos os sentidos e, que apesar de estarem passando por um tratamento difícil, mantiveram sempre a autoestima e o astral. Tudo isso poderá ser notado no dia da exposição. Estamos ansiosas para ver o resultado”, comenta a nutricionista.



Post publicado em abril de 2014. 

Em comemoração ao Dia Mundial de Combate ao Câncer, no próximo dia 8 de abril, a clínica capixaba Medquimheo promove evento para oferecer informação e proporcionar mais qualidade de vida pacientes. Temas comuns ao dia a dia de quem luta contra o câncer serão abordados no encontro, como a adaptação às transformações provocadas pelo tratamento no cotidiano das pessoas e a importância da prática de atividades físicas.
 

Suellen Senna de Matos, terapeuta ocupacional, é uma das palestrantes do evento e vai dar orientações aos pacientes sobre como lidar com as mudanças bruscas que ocorrem na rotina diária de quem enfrenta o problema, além das consequências do tratamento, que podem afetar tanto o convívio familiar quanto os hábitos pessoais e profissionais.
 

Segundo Suelen, a rotina da pessoa em tratamento muda totalmente, já que ela é submetida a uma rotina de procedimentos clínicos, avaliações, exames, relação intensa com aparelhos hospitalares, constantes visitas médicas e demais aspectos que podem acarretar diversos graus de depressão, ansiedade e inatividade.
 

“O papel da terapia ocupacional é conscientizar os pacientes sobre suas possibilidades e condições para a realização das atividades de vida diária, além de incentivar a integração e a ajuda da família no processo terapêutico, proporcionando desta forma, oportunidades para que o paciente possa resolver por si problemas e situações presentes ou inusitadas”, explica.
 

Outro direcionamento do trabalho do terapeuta é prevenir a incapacidade física da pessoa em tratamento e educação para simplificar tarefas e mecanismos de proteção articular, que irão beneficiar o desempenho das atividades cotidianas, trabalho e lazer.
 

Atividade física minimiza os efeitos do tratamento
 

Para falar sobre a prática de atividade física orientada ao paciente com câncer, o fisioterapeuta Leo Pretti é o convidado. O objetivo da palestra é mostrar aos pacientes a importância da atividade física bem orientada e supervisionada para a melhora da qualidade de vida, bem-estar e até minimizar os efeitos do tratamento oncológico.

 

 




Estudos comprovam que fatores como a obesidade e a vida sedentária podem aumentar a incidência de alguns tipos de câncer. Esses dois pontos, quando aliados, estão relacionados com 20% dos casos de câncer de mama, 50% dos carcinomas de endométrio (camada que reveste a parte interna do útero), 25% dos tumores malignos de cólon e 37% dos casos de adenocarcinoma de esôfago. Exercícios físicos têm o poder de ajudar a combater o câncer, depressão e até mesmo o mau humor, já que durante o processo o corpo libera substâncias como a endorfina e serotonina, responsáveis pelas sensações de bem-estar e alegria. Para reforçar a importância dessas atividades, profissionais da saúde promovem, no dia de março, 10, o Dia Nacional de Combate ao Sedentarismo.
 

Segundo o mastologista Dr.Anselmo Luiz Penna, da Medquimheo, a associação da obesidade com o sedentarismo pode resultar em diversos transtornos à saúde da mulher. “Mulheres obesas e sedentárias têm risco relativo aumentado para o câncer de mama”, alerta Penna.
 

De acordo com o fisioterapeuta especializado em oncologia Leo Henrique Pretti, atividades de resistência são aliadas do tratamento contra o câncer. “Levantam o astral dos pacientes que lutam para vencer a doença e melhoram até mesmo a qualidade do sono e humor. Ajudam, ainda, a trazer mais equilíbrio, coordenação e força muscular, já que a quimioterapia suga muita energia e traz efeitos colaterais. São ideais, também, em pré e pós-operatórios”, comenta Pretti.
 

Disciplina e comprometimento são fundamentais
 

Para Dinair Freitas Angelo, 42, a cada treino é uma emoção diferente. Ela é corredora há sete anos e já disputou diversas corridas no Espírito Santo, Rio de Janeiro e São Paulo. “Chego a fazer 12km a cada treino. Minha carga horária é um dia sim, outro não. Quando chove ou acontece algum contratempo, fico angustiada, porque hoje não vivo mais sem me manter ativa. Agora, meu objetivo é participar de uma maratona no dia 27 de julho, em que terei que disputar os 42Km”, disse.
 

Engana-se quem pensa que a prática de atividades exclui a importância de hábitos alimentares saudáveis. Alimentos ricos em vitaminas e nutrientes são fundamentais para bons resultados e para uma saúde em dia. Dinair conta que precisou cortar muitos itens do cardápio para manter uma rotina melhor. “Frituras passam longe do meu prato. Essa escolha influenciou diretamente em minha vida de uma maneira que nem consigo dimensionar. Vale muito a pena”, completou.
 

Mudança de vida
 

A veterinária Inês Monteiro, 43, emagreceu 18 quilos com o auxílio de exercícios e uma alimentação equilibrada. Ela já participou de 27 corridas e, assim como Dinair, tem se preparado para uma maratona em julho. “Há três anos eu sigo uma rotina mais saudável. Minha vida mudou por completo e, hoje, até os meus exames têm demonstrado resultados mais satisfatórios. Além disso, os exercícios me ajudaram no combate a problemas como dor nas costas. A autoestima também melhorou e me sinto mais jovem”, pontua.