BLOG

Acompanhe dicas de saúde, nutrição e bem-estar em nosso Blog.

Dicas

salmao.jpg

dezembro 18, 2020 DicasNutriçãoReceitas0

2020 nos desafiou em todos os sentidos e o Natal é a data que representa acalanto em meio aos dias difíceis que vivemos este ano.  Mesmo que aconteça em formatos diferentes, no modo virtual e sem abraços calorosos, a data continua sendo o evento mais esperado para reunir a família e celebrar. É na noite do dia 24 de dezembro que a ceia de Natal ganha destaque! 

Você sabia que é possível ter pratos mais saudáveis à mesa e transformar a ceia de natal em um gesto de carinho e afeto? Por isso, no post de hoje, nós, do blog da Medquimheo, consultamos a nutricionista Naira Fraga, para preparar um conteúdo com receitas fáceis que irão compor o seu jantar natalino. Vamos conferir?

 

1 – Receita de salmão com crosta de gergelim

Um prato perfeito para dar início à ceia de Natal, com ingredientes leves e de fácil preparo. O salmão tem inúmeros benefícios para a saúde, como o alto índice de ácidos graxos ômega 3, que reduz a probabilidade de doenças cardíacas. Além de proporcionar um toque sofisticado à mesa.

Ingredientes:

  • 4 postas de salmão de 100g;
  • Sal a gosto;
  • Pimenta do reino a gosto;
  • 2 fios de azeite extra virgem;
  • Gergelim para cobrir o peixe.

 

Modo de preparo:

Tempere os pedaços de salmão com sal e pimenta do reino. Depois pingue gotas de azeite e espalhe por todo peixe. Coloque o gergelim em um prato e vá apertando em cima até o ingrediente grudar em todas as partes do peixe. Aqueça uma frigideira, depois coloque um fio de azeite e os pedaços de salmão. Deixe dourar e não vire antes para não correr o risco de despedaçar. Assim que perceber que dourou um lado, vire e deixe dourar o outro. Por fim, decore com tempero verde e sirva!

 

2 – Receita de lasanha de abobrinha e berinjela

Para esse momento especial de ceia e família reunida, degustar uma iguaria saborosa e saudável completa a felicidade do Natal. Ingredientes como abobrinha e berinjela são ricos em fibras e cálcio, o que possibilita a lasanha um gosto mais que especial!

Ingredientes:

  • 2 abobrinhas em fatias finas;
  • 2 berinjelas em fatias finas;
  • 300g de muçarela de búfala;
  • 1 xícara de manjericão fresco;
  • ½ xícara de hortelã fresca;
  • 3kg de tomate fresco cortado;
  • ⅓ cenoura média;
  • ½ cebola;
  • ½ xícara de azeite extravirgem;
  • Sal a gosto.

 

Modo de preparo: 

Corte os tomates em cubos e coloque-os em uma panela com a cenoura e cebola e deixe apurar em fogo médio até que atinja a textura de molho desejada. Quando finalizado, acrescente o sal e as folhas de manjericão e reserve. Bata no liquidificador o manjericão, a hortelã e o azeite, até atingir uma consistência cremosa. Sele as berinjelas e abobrinhas em uma grelha para evitar que soltem muita água. Monte uma camada de molho de tomate, uma de abobrinha, outra do molho cremoso de temperos, uma de berinjela e por cima a de muçarela. Leve ao forno preaquecido a 180° até gratinar, enfeite como preferir e sirva.

 

3 – Receita de abacaxi assado com canela

Para fechar sua ceia de Natal com chave de ouro, nada melhor do que uma sobremesa saborosa e leve. O abacaxi, por ser uma fruta ácida, melhora a digestão e é uma ótima escolha para fazer com que o jantar não provoque nenhum mal-estar e seja um momento especial.

Ingredientes:

  • 1 abacaxi fatiado;
  • 1 colher (sopa) canela em pó;
  • ½  colher (sopa) de cravo;
  • Castanhas de caju a gosto.

Modo de preparo: 

Em uma forma coloque as fatias de abacaxi. Triture o cravo no liquidificador para que ele vire um pózinho e salpique sobre as fatias de abacaxi junto com a canela, se preferir regue com um pouco de mel. Triture as castanhas e coloque sobre as fatias. Preaqueça o forno, asse as fatias de abacaxi por 10 minutos em baixa temperatura, vire na metade do tempo. Reserve e quando estiver morno e sirva!

 

Conheça nosso blog

Nosso blog é cheio de posts para te manter sempre bem informado. Aproveite mais conteúdos:

#DicaDaNutri: 2 receitas para compor seu cardápio saudável

#DicaDaNutri: 3 receitas que ajudam na quimioterapia 

   Fonte: Naira Fraga, nutricionista da Medquimheo, CRN ES 15101252.


saude-mental.png

De acordo com dados do Ministério da Saúde, 9,3% da população sofre de ansiedade, o que representa 18,6 milhões de brasileiros. Outro dado alarmante, apresentado por meio de um estudo da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), mostra que os índices de depressão em mulheres com diagnóstico de câncer de mama aumentaram de 7% para 25%, o que evidencia a necessidade do cuidado com a saúde mental também durante o tratamento oncológico. Para alertar e conscientizar sobre a importância de cuidar da mente, nós, do blog da Medquimheo, preparamos um conteúdo especial. Continue lendo para conferir!

 Saúde mental e o tratamento oncológico

Diante de um diagnóstico de câncer, a saúde mental pode ficar em risco e, se prejudicada, pode interferir diretamente na qualidade de vida do paciente. Por isso, é preciso encontrar alternativas para que a saúde psíquica regulada durante o tratamento oncológico. Contar com a família e amigos é fundamental para fortalecer a autoestima do paciente, que passa a entender que sempre terá apoio na luta contra a doença.

 “Ter apoio social de qualidade traz benefícios para o enfrentamento da doença. Corpo e mente estão sempre interligados e uma saúde mental bem cuidada reflete em resultados melhores dos tratamentos.”

–   Gabriela Simmer, psicóloga da Medquimheo 

Como manter a saúde mental durante a pandemia?

O cenário de pandemia que temos vivido nos últimos meses trouxe muita ansiedade, angústia, medos e incertezas. O resultado disso, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), é que além de lidar com o novo coronavírus, o mundo também enfrenta uma crise de saúde mental. Essa realidade pode ser ainda mais desafiadora para os pacientes oncológicos, porém a adoção de alguns hábitos pode ajudar a driblar a ansiedade e manter a mente saudável. Confira nossas dicas de como você pode cuidar da saúde mental na prática!

 –       Separe o trabalho do lazer

Durante a pandemia muitos trabalhos foram adaptados ao modelo home office e a casa se tornou um lugar de múltiplas tarefas. Nesse momento é preciso separar o espaço e tempo de trabalho e lazer, para que seja possível ser produtivo e também se desligar na hora do descanso. 

–       Pratique esportes

Com a supervisão de um médico, procure práticas de exercícios para se manter ativo fisicamente. Quando os esportes são incluídos à rotina podem auxiliar na queima de calorias e liberação de hormônios como a endorfina – responsável pelo prazer natural ao corpo.

 –       Exercite a mente

Assim como mover o corpo, exercitar a mente também é essencial. Ler, fazer palavras-chaves, jogos de memória, estudar novos assuntos e praticar habilidades, como tocar instrumentos, podem ser hábitos adotados no dia a dia para ajudar a ter uma mente mais ativa e saudável.

–       Desligue-se das redes 

O uso excessivo dos aparelhos eletrônicos traz consequências graves para a saúde mental. Aceitação externa e comparação com o irreal são algumas problemáticas provenientes da exposição constante às redes sociais. Por isso, administre seu tempo online! 

#DicaDaMedquimheo: a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em parceria com o Ministério da Saúde, criou uma cartilha com recomendações gerais de como manter a saúde mental durante a pandemia da COVID-19. Confira!

Conheça nosso blog!

O nosso blog é cheio de posts para te manter sempre bem informado. Aproveite mais conteúdos:

Dicas de atividades para realizar na quarentena

Ansiedade: saiba como lidar durante o isolamento

Fonte: Ministério da Saúde.


lidar-com-ansiedade-durante-o-isolamento.jpg

setembro 1, 2020 Dicas0

É notório que a pandemia mudou a rotina de todos e, com isso, fez com que as pessoas ficassem mais ansiosas durante o isolamento. De acordo com o site de buscas Google, em 2020 os brasileiros pesquisaram três vezes mais sobre o tema “ansiedade” na internet do que a média dos últimos 16 anos. Pensando nisso, nós, do blog da Medquimheo, preparamos um conteúdo especial sobre esse assunto. Continue lendo para conferir.

Como saber se você tem ansiedade?

É preciso entender que, em situações de tensão é normal que o corpo responda de forma emocional. Por esse motivo, é de extrema importância saber diferenciar a ansiedade como patologia, de um estresse provindo de um período tumultuado. Um levantamento com 4.693 brasileiros feito pela Área de Inteligência de Mercado do Grupo Abril, em parceria com a MindMiners, mostra que 54% dos entrevistados estão muito preocupados com a situação da Covid-19, mas essa aflição não deve ser confundida com o estado ansioso.

Como identificar uma crise de ansiedade?

A ansiedade é acompanhada de vários sinais, tanto corporais como psicológicos, e se caracteriza, principalmente, pela maior intensidade de sentimentos de medo e apreensão por conta de determinadas situações. Veja alguns dos sintomas mais comuns:

  • Tensão muscular;
  • Cansaço extremo;
  • Palpitações;
  • Suor excessivo;
  • Tontura;
  • Falta de ar;
  • Desejo de urinar constante.

E é importante lembrar que, se esses sintomas se tornarem contínuos, é preferível buscar um profissional da área psicológica ou psiquiátrica para fazer um diagnóstico mais detalhado.

Como manter a saúde mental?

É preciso criar escapes durante o dia para que sua saúde mental seja preservada durante esse período de isolamento e, para que dessa forma você consiga ter dias mais leves e tranquilos. Aqui vão algumas dicas de como você pode fazer isso na prática:

1 – Crie uma rotina

É muito importante que você tenha um dia ativo, divida seus horários e separe-os de forma que você consiga trabalhar, conversar com a família, ler um livro e praticar um hobby que não era possível no dia a dia fora de casa.

2 – Cuide da sua autoestima

Zelar da aparência e da saúde corporal pode estar diretamente ligado ao bem-estar. Por essa razão, mantenha os hábitos saudáveis e procure adaptar as atividades físicas para o ambiente de casa, além de optar pelas práticas que trazem relaxamento, como a meditação, assistir a um filme, jogar com a família e separar um tempo para cuidar de si.

 3 – Conheça os benefícios da meditação

De acordo com uma pesquisa feita em conjunto com o Hospital Israelita Albert Einstein, a Unifesp e o Instituto Appana Mind, praticar meditação durante 1 hora e 15 minutos, três vezes na semana no período de dois meses, reduz pela metade o nível de cortisol de pessoas em que a ansiedade atingia níveis alarmantes. Além de que, viver de forma mais tranquila e sem estresse, ajuda a controlar problemas cardiovasculares, diabetes, obesidade, depressão e outras doenças crônicas. Por isso, criar o hábito de meditar pode te ajudar a ter mais foco, chegar a um nível de  imunidade mais alto e auxiliar no equilíbrio dos hormônios.

4 – Evite ficar sozinho

Diante do momento que estamos vivendo, ficar sozinho pode intensificar sentimentos de angústia, por isso sempre procure estar em contato com alguém, por meio de mensagens, videoconferências, nessas horas família e amigos são as melhores companhias.

5 – Busque notícias confiáveis

Notícias falsas tendem alarmar a população, e para lidar com a ansiedade não é indicado consumir conteúdos que aterrorizam, é preferível aqueles que são verdadeiros e que tenham cunho mais tranquilizador e otimista. Por isso, procure sempre uma leitura de seu gosto e aposte em diversificar os gêneros, que vão desde colunas de esportes até os livros de romance.

Conheça nosso blog!

O nosso blog é cheio de posts incríveis para te manter sempre bem informado. Aproveite mais conteúdos:

Pacientes onco-hematológicos e o tratamento durante o isolamento

Alimentação na terceira idade: veja os cuidados necessários!

Fonte: Dra. Gabriela Simmer, psicóloga Medquimheo, CRP – 16/4402.


atividades-para-fazer-na-quarentena.jpg

O isolamento social, necessário para conter o avanço da Covid-19, nos deu um privilégio: tempo livre para realizar atividades diferentes e fugir da correria do dia a dia. Por ser uma situação inédita para todo mundo, muitas vezes não sabemos como aproveitar esse tempo. Para te ajudar com isso, nós, da Medquimheo, preparamos um conteúdo com inúmeras dicas de atividades para realizar na quarentena. Vamos conferir?

Aproveite para assistir filmes 

Assistir filmes, além de ajudar a passar o tempo, nos enriquece culturalmente. Para os amantes da sétima arte, essa é sempre uma boa escolha de entretenimento. As principais plataformas de streaming, como Amazon Prime, Netflix e Globoplay possuem opções para todos os gostos. A seguir, listamos dois filmes que você não pode deixar de ver!

1 – Megarromântico

Original da Netflix, o filme Megarroântico retrata, de forma cômica, todos os clichês que compõem uma comédia romântica de qualidade. Leve e divertido, é perfeito para dar boas gargalhadas e se emocionar.

2 – Um Senhor Estagiário

A comédia “Um Senhor Estagiário” vai ganhar um espacinho especial no seu coração e na sua TV. Além de engraçado, o filme transmite uma linda mensagem: nunca é tarde demais para começar projetos novos 😉

Utilize as plataformas de leitura online

Que tal viajar sem sair do conforto do seu sofá? A leitura pode te levar para passear em inúmeros lugares! De acordo com o Ministério da Educação (MEC), pesquisas comprovam que o hábito de ler promove o desenvolvimento do cérebro. Selecionamos uma lista com livros online gratuitos disponíveis no site da Amazon. Basta clicar aqui para conferir.

Aprenda novas amarrações com os lenços

Tire um momento para ser seu “dia da beleza” e aproveite o tempo livre para testar diferentes amarrações para seus lenços. No blog do Instituto Quimioterapia e Beleza, você aprende a fazer 10 amarrações em 5 minutos. Vale conferir 😉

Desenvolva novas habilidades com cursos online

Durante esse período de quarentena, diversas redes de ensino têm disponibilizado uma série de cursos online gratuitos. Aprender a cozinhar, um novo idioma, desenhar, fazer artesanato e, até mesmo, cantar, estão entre as inúmeras opções de habilidades para você desenvolver!

A Universidade de São Paulo (USP) disponibilizou vários cursos online e gratuitos sobre diferentes áreas de conhecimento. Dentre as opções mais acessadas no portal, estão o curso de música e de libras, e para quem deseja aprender um novo idioma, a USP disponibilizou o curso online de italiano. Já para explorar seu lado artístico, não deixe de conferir os cursos online de desenho da Faber-Castell.

Conheça o blog da Medquimheo!

O nosso blog é recheado de posts incríveis para te manter sempre bem informado. Aproveite mais conteúdos:

Dicas para manter a qualidade de vida e a saúde mental na quarentena

Cuidados especiais para os pacientes oncológicos durante a pandemia

 

 Fonte: Dra. Gabriela Simmer, psicóloga Medquimheo, CRP 16/4402.


higienizacao-dos-alimentos-na-pandemia.jpg

Com a pandemia do novo coronavírus muita coisa tem mudado na rotina, principalmente com a necessidade de incorporação de novos hábitos. Devido ao risco de transmissão do vírus da COVID-19 por alimentos e produtos contaminados, caso tenham sido expostos à secreção respiratória de uma pessoa infectada, limpá-los da maneira adequada torna-se tarefa fundamental.

Por isso, no post de hoje, nós, da Medquimheo, entrevistamos nossa nutricionista, Dra. Naira Fraga, para dar dicas de como higienizar os alimentos durante a pandemia. Continue lendo e confira!

Por que higienizar os alimentos antes de consumi-los?

A principal forma de contágio do coronavírus é pelo contato com fluidos infectados. Em mercados e feiras há uma grande circulação de pessoas e constante manipulação de itens das prateleiras, o que os tornam meios contaminados, tanto em relação aos produtos, quanto ao espaço físico.

“Muita gente tem mania de segurar um produto e manuseá-lo para decidir se vai comprá-lo ou não. Esse constante contato de inúmeras pessoas nos itens que você pode levar para casa aumenta exponencialmente os riscos de contágio da COVID-19. É por isso que higienizá-los corretamente é tão importante.”

– Naira Fraga, nutricionista Medquimheo

Como higienizar alimentos e produtos na pandemia?

Ao chegar das compras, o primeiro passo é higienizar as superfícies da cozinha onde os alimentos serão manipulados ou guardados, com água e sabão ou álcool gel,  como bancada, pia e despensa. Para produtos industrializados, o ideal é usar um pano com álcool gel 70% para limpar as embalagens e, só assim, guardá-las.

Alimentos cozidos apresentam baixo risco de contaminação. Já com alimentos que serão consumidos in natura, como folhas e frutas, a higienização deve ser feita como preconiza a segurança alimentar: lavar em água corrente para retirar sujeiras, parasitas e pequenos insetos e depois deixar de molho em solução clorada por 15 minutos, em média.

Cuidados ao receber comida por delivery

Uma recente pesquisa realizada pela OnYou – uma das maiores empresas de cliente oculto do Brasil – revelou que neste período de pandemia, delivery de restaurantes representa 89% do total de pedidos. O isolamento social tem contribuído para que as pessoas optem cada vez mais pelo food service em casa.

Diante dessa realidade é fundamental adotar medidas para evitar contaminação com as entregas feitas em sua casa. Para isso, nossa dica é optar pela entrega sem contato, uma modalidade que as principais plataformas de delivery passaram a disponibilizar. Além disso, recomenda-se higienizar toda a embalagem com álcool gel 70%.

#DicaMedquimheo: opte por comprar refeições de restaurantes que já conheça e que tenham adotado medidas para evitar contaminação por coronavírus. Dessa forma você garante o direito a uma alimentação mais segura e com menos riscos de infecção 😉

Conheça o blog da Medquimheo!

Aproveite que descobriu nosso blog, fique por aqui e confira mais conteúdos exclusivos para se manter bem informado 😉

Cuidados especiais para os pacientes oncológicos durante a pandemia

Pacientes oncológicos podem fazer dieta para emagrecer durante a quimioterapia?

Importância do nutricionista para o tratamento oncológico


qualidade-de-vida-e-saude-mental-na-quarentena.jpg

A quarentena tem sido uma das principais medidas para conter o avanço da COVID-19 e é por isso que nós, da Medquimheo, temos um pedido especial: se você não está em tratamento infusional, fique em casa pelos profissionais que continuam atuando mesmo diante desse atual cenário. Alguns membros da nossa equipe não podem cumprir isolamento em casa, mas você pode, por eles!

O que estamos vivendo neste cenário atual é algo totalmente novo e, para te ajudar a passar por ele com qualidade de vida e bem-estar mental, preparamos um post repleto de dicas de como enfrentar a quarentena com responsabilidade, bom humor e criatividade. Continue lendo!

Por que é importante cuidar da saúde mental?

Consultamos a Dra.Gabriela Simmer, psicóloga Medquimheo, para responder a esse questionamento. “Este momento de pandemia rompe com o ‘mundo presumido’ das pessoas, ou seja, aquela realidade segura e estável que as cercava é submetida a uma mudança total. Dessa forma, os níveis de estresse, pensamentos negativos e inquietação se elevam. É por isso que cuidar da saúde mental torna-se fundamental e, para isso, basta adotar algumas práticas”.

A seguir, listamos uma série de dicas para cuidar da mente na quarentena. Confira!

Mantenha contato com seus amigos e familiares

Manter-se conectado com amigos, familiares e colegas de trabalho é fundamental para preservar a qualidade da saúde mental. Nossa dica é aproveitar as plataformas digitais, como WhatsApp, Instagram e Facebook para amenizar a saudade dos seus queridos!

Lembre-se: você não está sozinho nessa! Estamos conectados, por meio das nossas redes sociais e blog, com você 😉

#DicaMedquimheo: feche os olhos por 30 segundos e mentalize todas as pessoas queridas que estão longe de você. Lembrar de quem amamos em um momento de introspecção nos ajuda a seguir em frente de forma mais positiva 😉

Evite consumo excessivo de notícias

É só ligar a televisão ou sintonizar o rádio para começar a ser impactado por uma série de notícias acerca do novo coronavírus. Como tudo que é consumido em excesso faz mal, separe um momento do dia para se atualizar. Evite acessar esse tipo de conteúdo a noite.

Este período de pandemia tem sido um verdadeiro “pano de fundo” para disseminação de Fake News. Por isso, fique atento aos conteúdos que recebe e busque sempre checar a fonte dos materiais.

Aprenda coisas novas

Que tal aproveitar o tempo livre para desenvolver uma nova capacidade? Aprender a cozinhar, tocar um instrumento, estudar um novo idioma, pintar, fazer artesanato e, até mesmo, cantar, estão entre as inúmeras opções de habilidades para você praticar! O YouTube é a plataforma perfeita para ter acesso a vídeoaulas dos mais diversos temas. Basta escolher o que mais lhe agradar e aproveitar!

“Estamos conectados o tempo todo. Porque não usar a internet para aprimorar uma habilidade ou desenvolver uma nova? São inúmeros conteúdos gratuitos disponíveis. Manter a mente ocupada neste período de isolamento pode te ajudar.”

-Gabriela Simmer

Mantenha uma rotina de exercícios

Manter uma rotina de exercícios é uma boa prática para cuidar da saúde mental. Como as academias estão fechadas durante este período, nossa dica é aproveitar os espaços da sua casa para se exercitar, de maneira leve e moderada.

Descubra a meditação

Nada melhor para equilibrar os pensamentos e se manter positivo do que a meditação. A prática milenar ajuda e ensina a mente a manter o foco no presente Alguns aplicativos gratuitos, como o Sattva, disponibilizam meditação guiada, uma ótima prática para o momento!

Fique tranquilo! Meditar é como correr. Ninguém começa fazendo 30 minutos e da melhor maneira. É preciso praticar aos poucos. Nossa dica é começar com um minuto de meditação ou com exercícios de atenção plena.

Conheça nosso blog!

O blog da Medquimheo é recheado de posts incríveis para te manter sempre bem informado. Aproveite mais conteúdos:

Coronavírus: o que é, sintomas e prevenção

Cuidados especiais para os pacientes oncológicos durante a pandemia


pacientes-oncologicos-podem-fazer-dieta.jpg

Se somos aquilo que comemos, num contexto oncológico o cuidado com a alimentação deve ser redobrado. Isso ocorre porque o correto equilíbrio de nutrientes e vitaminas no corpo pode influenciar no tratamento do câncer e na qualidade de vida do paciente oncológico. Como a adoção de dietas para emagrecer pode afetar esse equilíbrio, é preciso se atentar!

No post de hoje, nós, da Medquimheo, consultamos nossa nutricionista, Dra. Naira Fraga, e preparamos um conteúdo especial com tudo o que você precisa saber sobre a alimentação durante a quimioterapia. Continue lendo e confira!

Por que é importante cuidar da alimentação durante a quimioterapia?

A quimioterapia, um dos principais tratamentos para o câncer, na maioria das vezes, apresenta efeitos colaterais como perda de apetite e feridas bucais, que podem acarretar na perda de peso do paciente. Por isso, cuidar da alimentação durante o tratamento é fundamental.

Segundo a Dra. Naira, as dietas para emagrecer podem impactar, de maneira negativa, o sistema imunológico do paciente e, como consequência, o tratamento oncológico. Como afetam o equilíbrio de nutrientes do corpo, antes de adotar uma dieta, é preciso consultar um nutricionista. Combinado?

“O paciente bem nutrido tem menos complicações pós-operatórias, melhor cicatrização e desempenho físico, menos efeitos colaterais relacionados ao tratamento e um sistema imunológico mais fortalecido.”

-Naira Fraga, nutricionista Medquimheo

Como cuidar da alimentação?

Agora que você já sabe por que é importante cuidar da alimentação durante a quimioterapia, separamos algumas dicas para te ajudar nessa missão. Vamos conferir?

1 – Mantenha-se hidratado

Alguns medicamentos para o câncer, principalmente os quimioterápicos, podem causar efeitos colaterais nos rins. Por esse motivo, é fundamental manter uma boa hidratação. A água estimula a circulação de sangue, o que garante bom funcionamento renal. Além disso, a desidratação pode ser um fator de complicação no tratamento e piorar os efeitos colaterais. Nossa dica é encarar a água como uma forte aliada e nunca esquecer de ingerir a quantidade adequada por dia 😉

2 – Evite alimentos com excesso de açúcar e gordura

Para a Dra. Naira, é essencial que os pacientes oncológicos evitem alimentos que apresentam maior quantidade de açúcar, gordura e sódio, como os industrializados,  embutidos, queijos amarelos, refrigerantes e bebidas alcóolicas. Dê preferência às frutas, legumes, verduras, cereais, carnes magras e peixes.

#DicaMedquimheo: amêndoas, batata doce, brócolis e espinafre são alguns dos alimentos que, por possuírem propriedades antioxidantes, podem fortalecer o sistema imunológico. Converse com seu nutricionista para incluí-los em seu cardápio.

3 – Faça um acompanhamento nutricional

A nutrição é um fator determinante para a qualidade de vida dos pacientes oncológicos e para uma boa resposta ao tratamento, já que busca reduzir os impactos da doença e dos efeitos colaterais no organismo. Além disso, o acompanhamento nutricional pode auxiliar no controle dos sintomas do câncer.

Cuidado com a alimentação durante a pandemia de COVID-19

Neste momento de pandemia do novo coronavírus, estar com a imunidade alta é primordial. O nosso sistema imunológico atua como uma barreira contra doenças e, por isso, é super importante mantê-lo fortalecido. Para tanto, é preciso cuidar da alimentação – nossa principal aliada de uma boa imunidade.

Conheça o blog da Medquimheo!

Aproveite que descobriu nosso blog e confira mais conteúdos com dicas da nossa nutricionista para cuidar da sua alimentação:

Nutrição e sono: como sua alimentação pode impactar a qualidade do sono

Light x Diet: entenda a diferença!

#DicaDaNutri: conheça os benefícios da tapioca para sua saúde!

Fonte: Dra. Naira Fraga, nutricionista Medquimheo, CRN: ES 15101252.


coronavirus.jpg

março 19, 2020 Dicas0

Desde que o coronavírus chegou ao Brasil temos acompanhado sua repercussão e número de casos. Para que você possa se prevenir da maneira adequada, sem cair em fake news, nós, da Medquimheo, preparamos um post com tudo o que você precisa saber sobre o novo coronavírus. Confira!

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus, com formato de coroa, que causa infecções respiratórias. Segundo o Ministério da Saúde, o Covid-19 foi descoberto em dezembro de 2019 após casos registrados na China.

Quais são os sintomas do coronavírus?

O novo coronavírus é muito similar a uma gripe. Dentre os principais sintomas, estão: febre, tosse e dificuldade para respirar. Geralmente é uma doença leve a moderada, mas, se não for devidamente tratada, pode se agravar.

Como o coronavírus é transmitido?

A transmissão do coronavírus acontece por contato próximo de uma pessoa infectada para outra. Normalmente, ocorre por meio de:

  • Contato físico, como aperto de mãos;
  • Gotículas de saliva, por tosse ou espirro;
  • Objetos ou superfícies contaminadas.

Como prevenir o coronavírus?

Cuidados básicos devem ser tomados para prevenção do coronavírus. Isso inclui lavar as mãos frequentemente com água e sabão e higienizá-las  com álcool em gel 70%,  evitar tocar olhos, nariz e boca com mãos não lavadas e não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, toalhas, pratos e copos.

Além disso, evite aglomerações, mantenha os ambientes bem ventilados e, ao tossir ou espirrar, cubra nariz e boca com lenço descartável ou com o braço.

Já existe tratamento contra o coronavírus?  

O Covid-19 possui tratamento, que evita o agravamento da doença e reduz o desconforto. Porém, ainda não existe um medicamento capaz de matar o vírus ou uma vacina disponível. É por isso que prevenir o coronavírus é tão importante!

Fique tranquilo, mas atento!

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que 80% dos casos de infecção por coronavírus são leves, ou seja, a doença possui baixa letalidade. O importante é se manter bem informado, por meio de fontes confiáveis, e se prevenir com as dicas que já citamos 😉

Fonte: Ministério da Saúde.