BLOG

Acompanhe dicas de saúde, nutrição e bem-estar em nosso Blog.

Câncer

tabagismo.jpg

 

O tabagismo vai além do câncer de pulmão. É um transtorno que pode acarretar em diversos efeitos maléficos à saúde em geral. A dependência psicológica e física do tabaco pode trazer consequências que custam caro. Neste post você vai entender o quanto o cigarro pode prejudicar seu bem-estar. Continue lendo!

É fácil entender por que o tabagismo causa problemas respiratórios: a fumaça tóxica que é inalada afeta os pulmões, fazendo com que várias substâncias prejudiciais fiquem armazenadas por ali. Porém, as mais de 4.700 presentes nesse produto também são carregadas por todo o corpo por meio da corrente sanguínea e absorvidas pelos fragmentos de DNA que compõem o organismo. Os danos causados pelo tabagismo podem demorar anos para se manifestarem, como é o caso do câncer.A dependência química também está ligada a problemas de saúde como: hipertensão arterial, aneurismas cerebrais e aórticos, derrames cerebrais, úlceras gástricas, úlceras na pele, catarata, osteoporose e muitos outros.

Doenças cardiovasculares e tabagismo

Você sabia que quem fuma tem até três vezes mais chances de sofrer um infarto do miocárdio, em comparação a um não fumante? É o que diz a Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista (SBHCI). O cigarro estimula a produção de catecolaminas, substâncias que causam a contração dos vasos sanguíneos e aceleram o coração. Por isso o tabagismo também está relacionado a arritmias, insuficiência cardíaca e muitos outros problemas cardíacos.

Ao todo são mais de 50 doenças relacionadas ao fumo. E mesmo que o câncer não seja a única, é com certeza uma das mais preocupantes, afinal, a ocorrência do câncer relacionado ao fumo não se limita ao pulmão. O cigarro pode ser agente causador de diversos tipos da doença, como: câncer de boca, laringe, faringe, estômago, esôfago, pâncreas, rim, fígado, colo de útero, bexiga e até alguns tipos de leucemia.

É realmente assustador, não é mesmo? Por isso cuide do bem mais precioso que você tem em suas mãos: a vida! Nunca é tarde para começar uma rotina mais saudável! Acompanhe nosso Blog para mais dicas e conteúdos informativos!


cancer-metastase-medico.jpg

É comum durante o tratamento oncológico ouvir alguns termos médicos que você não está familiarizado. Um deles é metástase, comumente usado com pesar para se referir ao estado de um paciente. Isso acontece porque o termo refere-se ao espalhamento do câncer para outras partes do corpo, além do local inicial. Continue lendo!

Apesar de causar espanto em algumas pessoas, não se desespere! A metástase não significa que o novo órgão afetado desenvolveu câncer. A oncologista aqui da Medquimheo Layla Torres Gaze explica: “a metástase ocorre quando as células cancerosas viajam por meio da corrente sanguínea ou vasos linfáticos para outras partes do corpo. Assim, elas continuam a ser do local primário, devendo ser tratadas da mesma forma.”

Segundo a médica, as metástases podem surgir em qualquer local do corpo. “As áreas afetadas com mais frequência são os pulmões, o fígado e os ossos, podendo variar de acordo com o câncer original”, salienta.

Como identificar o câncer da metástase

cancer

É comum que a identificação da metástase aconteça durante os exames realizados no diagnóstico do câncer primário. Entretanto, como as células cancerígenas vão se acumulando no novo local até formar um tumor semelhante ao original, é possível que a metástase só seja detectada após o diagnóstico inicial por meio das consultas, do exame físico e dos exames laboratoriais e de imagem.

Por isso, Dra. Layla ressalta a importância de manter um acompanhamento clínico após o diagnóstico e tratamento de um câncer localizado.

Tratamento do câncer metastático

O tratamento de um tumor a partir da metástase ocorre de diferentes formas. Uma delas é a terapia sistêmica, que é feita no paciente por meio da quimioterapia ou da hormonioterapia.

Outra excelente alternativa é o tratamento local, com cirurgia e radioterapia, ou mesmo uma combinação dos outros citados. A recomendação irá variar de acordo com cada caso. É fundamental consultar com o seu oncologista responsável a melhor escolha para você!

Continue acompanhando os posts aqui no blog da Medquimheo e saiba tudo sobre o tratamento de câncer!


dia-mundial-do-cancer-1-1200x1200.jpg

fevereiro 1, 2018 CâncerNotícias0

Segundo o Inca, 500 mil pessoas serão acometidas pela doença em 2018

O Dia Mundial do Combate ao Câncer é uma oportunidade de lembrar a variedade de possibilidades de controle e cura que a doença possui. O dia é comemorado em 4 de fevereiro por meio de uma iniciativa da União Internacional de Combate ao Câncer junto com a Fundação do Câncer. Entenda a importância desta data!

É fundamental saber que o diagnóstico precoce pode fazer a diferença no aumento da expectativa de cura da patologia, por isso datas como esta são tão relevantes Existem vários tipos de câncer que possuem uma considerável chance de cura com a detecção precoce. Dentre eles estão: câncer de mama, cólon e de colo uterino.

Detecção precoce

Para a nossa oncologista aqui da Medquimheo, Layla Nunes, em prol de obter uma detecção precoce em diferentes tipos de câncer, diversos exames específicos são feitos para diagnosticar a doença. Além de aumentar as possiblidades de cura, isso pode trazer menos riscos para o paciente em ter sequelas decorrentes da doença.

De acordo com especialistas, a realização de exames de rastreamento que detectam a patologia em seu estado inicial pode aumentar a chances de cura. No câncer de mama as chances chegam a 90%.

Exames de rastreamento

Existem alguns exames de rastreamento que conseguem detectar previamente os tipos de câncer mais comuns no Brasil. Como explica nossa médica, o câncer de mama é o tipo que mais acomete as mulheres no mundo. Para a realização de um diagnóstico precoce deve ser realizada a mamografia anualmente.

Nos homens, a tipologia mais comum é o câncer na próstata. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), a cada ano acontecem cerca de 60 mil novos casos.  Para a detecção precoce da patologia são necessários exames laboratoriais e toque retal.

Aqui, na Medquimheo, você encontra os exames necessários para a detecção precoce fazendo com que a chance de cura sejam maiores. Marque uma consulta!