BLOG

Acompanhe dicas de saúde, nutrição e bem-estar em nosso Blog.

Câncer infantil: 12,6 mil novos casos previstos no Brasil neste ano

novembro 23, 2016 0
cancer-infantil.jpg

Nesta quarta-feira, 23 de novembro, é comemorado o Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantil, uma doença que atinge uma entre cada 600 crianças e adolescentes até os 15 anos. A estimativa é de 12.600 novos casos da doença entre 2016 e 2017. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), as regiões Sudeste e Nordeste apresentarão os maiores números de casos novos, 6.050 e 2.750, respectivamente, seguidas pelas regiões Sul (1.320), Centro-Oeste (1.270) e Norte (1.210).

Causas e chances de cura

Nas crianças, as causas do câncer não são totalmente conhecidas. O que sabemos é que ele é causado por alterações em células primitivas e imaturas que crescem e se multiplicam mais depressa, o que faz com que a doença se desenvolva mais rapidamente.

No entanto, as chances de cura do câncer são maiores em crianças do que nos adultos, porque elas têm menor ocorrência de doenças como diabetes, hipertensão e obesidade, que prejudicam o tratamento, além das diferenças peculiares da doenças na infância, que permitem um tratamento mais agressivo, aumentando as chances de cura. Nos anos 1970, a taxa de cura para leucemias agudas era de 20%, hoje em dia esse número já chega a 86%.

Sintomas do câncer infantil

Em estágio inicial, os sintomas do câncer infantil se confundem com os de doenças comuns nessa idade, como viroses e resfriados, por isso são difíceis de serem identificados. É preciso estar atento aos sinais que permanecem, como por exemplo: hematomas, nódulos e caroços, cansaço em excesso, palidez, febre e perda de peso excessiva. Caso esses sintomas persistam, um médico deve ser procurado.

Tipos mais comuns e tratamento

Os tipos mais comuns de câncer em crianças também se diferenciam daqueles que acometem os adultos com maior frequência. A leucemia é o câncer infantil de maior incidência, seguido de linfomas e cânceres do sistema nervoso central, no Brasil.

chance-de-cura-e-de-70

Existem três principais tipos de tratamento para o câncer infantil: cirurgia, quimioterapia e radioterapia. Dependendo do tipo de tumor, do  estado da doença e da idade do paciente, utiliza-se apenas um desses métodos ou a combinação deles. Hoje, em torno de 70% das crianças e adolescentes acometidos com câncer infantil podem ser curados e a maioria deles terá boa qualidade de vida após o tratamento.

Conte com a Medquimheo no tratamento do câncer infantil. Nós contamos com uma equipe multidisciplinar de profissionais em nossas clínicas em Vitória e Serra. Além disso, temos em nosso quadro sete oncologistas, dos quais quatro são oncologistas pediátricos, especialistas em tratamento de crianças.


Deixe um comentário

Campos obrigatórios estão marcados com *