BLOG

Acompanhe dicas de saúde, nutrição e bem-estar em nosso Blog.

Ansiedade: saiba como lidar durante o isolamento

setembro 1, 2020 0
lidar-com-ansiedade-durante-o-isolamento.jpg

É notório que a pandemia mudou a rotina de todos e, com isso, fez com que as pessoas ficassem mais ansiosas durante o isolamento. De acordo com o site de buscas Google, em 2020 os brasileiros pesquisaram três vezes mais sobre o tema “ansiedade” na internet do que a média dos últimos 16 anos. Pensando nisso, nós, do blog da Medquimheo, preparamos um conteúdo especial sobre esse assunto. Continue lendo para conferir.

Como saber se você tem ansiedade?

É preciso entender que, em situações de tensão é normal que o corpo responda de forma emocional. Por esse motivo, é de extrema importância saber diferenciar a ansiedade como patologia, de um estresse provindo de um período tumultuado. Um levantamento com 4.693 brasileiros feito pela Área de Inteligência de Mercado do Grupo Abril, em parceria com a MindMiners, mostra que 54% dos entrevistados estão muito preocupados com a situação da Covid-19, mas essa aflição não deve ser confundida com o estado ansioso.

Como identificar uma crise de ansiedade?

A ansiedade é acompanhada de vários sinais, tanto corporais como psicológicos, e se caracteriza, principalmente, pela maior intensidade de sentimentos de medo e apreensão por conta de determinadas situações. Veja alguns dos sintomas mais comuns:

  • Tensão muscular;
  • Cansaço extremo;
  • Palpitações;
  • Suor excessivo;
  • Tontura;
  • Falta de ar;
  • Desejo de urinar constante.

E é importante lembrar que, se esses sintomas se tornarem contínuos, é preferível buscar um profissional da área psicológica ou psiquiátrica para fazer um diagnóstico mais detalhado.

Como manter a saúde mental?

É preciso criar escapes durante o dia para que sua saúde mental seja preservada durante esse período de isolamento e, para que dessa forma você consiga ter dias mais leves e tranquilos. Aqui vão algumas dicas de como você pode fazer isso na prática:

1 – Crie uma rotina

É muito importante que você tenha um dia ativo, divida seus horários e separe-os de forma que você consiga trabalhar, conversar com a família, ler um livro e praticar um hobby que não era possível no dia a dia fora de casa.

2 – Cuide da sua autoestima

Zelar da aparência e da saúde corporal pode estar diretamente ligado ao bem-estar. Por essa razão, mantenha os hábitos saudáveis e procure adaptar as atividades físicas para o ambiente de casa, além de optar pelas práticas que trazem relaxamento, como a meditação, assistir a um filme, jogar com a família e separar um tempo para cuidar de si.

 3 – Conheça os benefícios da meditação

De acordo com uma pesquisa feita em conjunto com o Hospital Israelita Albert Einstein, a Unifesp e o Instituto Appana Mind, praticar meditação durante 1 hora e 15 minutos, três vezes na semana no período de dois meses, reduz pela metade o nível de cortisol de pessoas em que a ansiedade atingia níveis alarmantes. Além de que, viver de forma mais tranquila e sem estresse, ajuda a controlar problemas cardiovasculares, diabetes, obesidade, depressão e outras doenças crônicas. Por isso, criar o hábito de meditar pode te ajudar a ter mais foco, chegar a um nível de  imunidade mais alto e auxiliar no equilíbrio dos hormônios.

4 – Evite ficar sozinho

Diante do momento que estamos vivendo, ficar sozinho pode intensificar sentimentos de angústia, por isso sempre procure estar em contato com alguém, por meio de mensagens, videoconferências, nessas horas família e amigos são as melhores companhias.

5 – Busque notícias confiáveis

Notícias falsas tendem alarmar a população, e para lidar com a ansiedade não é indicado consumir conteúdos que aterrorizam, é preferível aqueles que são verdadeiros e que tenham cunho mais tranquilizador e otimista. Por isso, procure sempre uma leitura de seu gosto e aposte em diversificar os gêneros, que vão desde colunas de esportes até os livros de romance.

Conheça nosso blog!

O nosso blog é cheio de posts incríveis para te manter sempre bem informado. Aproveite mais conteúdos:

Pacientes onco-hematológicos e o tratamento durante o isolamento

Alimentação na terceira idade: veja os cuidados necessários!

Fonte: Dra. Gabriela Simmer, psicóloga Medquimheo, CRP – 16/4402.


Deixe um comentário

Campos obrigatórios estão marcados com *